Vibhuti | Como se faz vibhuti por sw Dayananda – Homenagem ao Sai Baba

como se faz vibhuti

É comum encontrarmos na Índia pessoas com marcas na testa de diversas cores. Dentre elas, existe uma listra branca, que as vezes está sozinha ou em 3 como na marca da “adidas”. Esse pó branco é chamado de “vibhuti” e basicamente são cinzas de rituais. Apesar das cinzas de qualquer ritual de fogo poderem ser usadas como vibhuti, tradicionalmente existem certas prescrições para obtê-lo. Afinal, como se faz vibhuti?

como se faz vibhuti

Alunos passando Vibhuti

Primeiro deve ser feito no dia de Maha Shivaratri ou pelo menos no “shivaratri mensal” – dia domês dedicado a Shiva.

As cinzas são predominantemente o estrume de vaca seco usado como combustível no ritual. Ele é moldado em forma de roscas, como “donuts” e colocados disposto em uma grande pirâmide. O segundo elemento que compõe o “vibhuti” é uma pasta de cascas de arroz, que é colocada entre cada camada e depois cobre a pirâmide inteira, ficando toda homogênea.

Quando a estrutura está pronta, mantras são entoados e o pujare acende a pira. Depois de algumas horas o vibhuti estará pronto. Em muitas vilas, essa é ainda uma atividade familiar anual, onde o “vibhuti” que a família usa o ano inteiro é preparado.

Essa explicação foi dada pelo Swami Dayananda no Satsanga, explicando como ele lembrava que era feito na sua vila, quando ele era pequeno.

Showing 7 comments
  • Leandro
    Responder

    Muito interessante! Muito embora a composição predominante tenha me impressionado da primeira vez que ouvi falar! hehe

  • Camila Masetti
    Responder

    Nao me espanta que o estrume da vaca seja usado como combustivel. Mas porque o uso da pasta de casca de arroz?

    • satsangaonline
      Responder

      O estrume de vaca seco é utilizado em praticamente todo ritual de fogo, porque é um ótimo combustível, geralmente serve como base para queima não é um oferecimento propriamente dito.
      Agora os rituais tem todo um modo de ser feito que não segue um processo lógico, podemos entender alguns aspectos mas não em totalidade, como porque exatamente que se usa casca de arroz.

      Hari om

  • Luciano
    Responder

    Muito interessante mesmo. Valeu, purva!

  • Carol
    Responder

    Gostaria de saber como e em quais situações se usa as cinzas (vibhuti). As marcas que Sw Dayananda usa são feitas destas cinzas?

  • satsangaonline
    Responder

    O vibhuti assim como o sândalo (o pó amalero) e o kumkum (o pó vermelho), são utilizados como parte dos rituais diários de um hindu ou yogi. Como uma forma de purificar o corpo ritualísticamente ele é passado em geral antes de realizar um ritual ou antes de atividades associadas a tradição, como aulas, meditação, visita ao templo ou até mesmo no dia dia é passado após o banho. Simbolicamente o adorno do corpo com essas pastas coloridas, jóias e flores representam um forma de devocão a Deus, que está presente no próprio corpo e ajuda na desidentificação com o mesmo.

    Alguns, brahmanes tradicionais consideram inauspiciosa a presença de uma pessoa sem marca na testa, porque significa que ela está há muito tempo longe dos seus rituais diários.

    Geralmente o sw Dayananda está com uma pequena marca de sândalo na testa, mas ele usa o vibhuti e o kumkum também.

  • Izilda Govinda
    Responder

    é possível saber se Sai Baba realmente materializava vibhuti em suas mãos?

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search