Meditação: Entrando em contato com a criança interior

A meditação é um dos maiores símbolos para espiritualidade, talvez porque traga a idéia que a solução não está do lado de fora. Ela aparece como um esforço que se faz para dentro. De certa forma essa visão é correta, a espiritualidade é uma busca, um esforço que vai além dos objetos externos e da felicidade que eles podem nos proporcionar. Apesar desse conhecimento ser verdadeiro ele não é suficiente para realizar com sucesso uma disciplina como a meditação. A meditação não é apenas uma busca interior, é uma reestruturação da forma como buscamos e lidamos com nós mesmos.

Estamos acostumados a tomar certo cuidado ao lidar com os outros, procuramos evitar palavras categóricas de julgamentos, ser flexíveis e dar espaço ao outro, porém quando lidamos com nós mesmos, muitas vezes somos um general autoritário: “que burro! não devia ter feito isso! de novo seu otário!”

Agora imagina como reagiríamos se alguém falasse com a gente assim? Ficaríamos sob tensão e haveria dor e stress, não é? Mas falamos com nós mesmo dessa maneira e a verdade é que criamos esse clima indesejável na nossa mente. E a mente não é um simples repositórios de pensamentos, ela possui diversos personagens dentro dela, com sua própria inteligência e personalidade, quando falamos usando essas palavras estamos fazendo com que as diversas facetas da nossa personalidade estejam em conflito. E em conflito não existe paz.

A meditação antes de mais nada é uma oportunidade de entrar em contato com todos esses personagens que são como crianças e é preciso aprender a ser um bom “pai” para poder ter a tão almejada paz na mente. Temos algumas crianças dentro da gente e criança não se trata com palavras ríspidas e autoritárias. Elas crescem apenas em um ambiente de compreensão, amor e liberdade.

Esse é um dos temas dos workshops e palestras dos “fundamentos do yoga” dessa temporada: “Como entrar em contato com essa criança dentro da gente” e assim fazer o resgate desses conflitos internos que vivemos. Essas são técnicas bem específicas aprendidas durante o curso de 3 anos na Índia e que servem como uma ponte para mostrar a conexão entre yoga e vedanta, trazendo como base a meditação que é comum para toda espiritualidade.

O primeiro workshop esse ano ocorreu no Naradeva em Sampa de 26 a 27 de outubro. Foi uma ótima experiência passamos momentos bem agradáveis dedicados a se conhecer e entender um pouco mais sobre espiritualidade. Abaixo colocamos uma das palestras que ocorreu em SP que pode dar uma idéia do que foi nosso encontro pois, ainda teremos nesse tema workshops em Curitiba, Campo Grande, Belo Horizonte e quem quiser participar pode entrar em contato com os organizadores na agenda de cursos ao lado!

 “Participei de um workshop no Naradeva sobre meditação e outros ensinamentos, com o jovem mestre Jonas Masetti e posso dizer que foi muito bom com bastante aprendizado.” Sergio – SP

“Através das palestras, meditações guiadas e cânticos, pudemos nos desconectar um pouquinho dos papéis que representamos na sociedade e entrar em contato com a nossa criança interior. Foi uma experiência incrível, e eu percebi a importância de me conhecer melhor e saber lidar com os meus sentimentos. Obrigada, Jonas, por nos passar tanto conhecimento e nos proporcionar esses momentos tão especiais!” Denise – RJ

“Ensinamentos verdadeiros e inspiradores, uma brisa suave em tempos de falsos ventos e tormentas”. Marcos – SP

Showing 0 comments
  • Eliana Furtado
    Responder

    Jonas Masetti estará em BH nos dias 13,14 e 15 de dezembro. Reserve esta data 😉

  • Isabel Souza
    Responder

    Muito bom!

  • Marco Antonio Sudano
    Responder

    palestra bastante estruturada.

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search